Balança de Viagens e do Turismo em Portugal

#balança de viagens e do turismo em portugal

Balança de Viagens e do Turismo em Portugal

É um dado adquirido que o turismo em Portugal tem vindo a aumentar de há uns anos para cá. O facto de os valores das receitas conseguidas e os números de visitantes que chegam ao país serem cada vez maiores já não representam surpresa para ninguém. Pelo menos se forem mencionados assim, levianamente, sem especificação dos números e sem a tentativa de evidenciar o que realmente se passa. Neste artigo é isso que pretendemos fazer: já sabemos que o turismo está em crescimento, mas quanto?

Depois de analisarmos a rubrica viagens e turismo da Balança de Pagamentos de 2015 (Pordata) verificamos que as receitas deste sector aumentaram 9,5% relativamente ao ano anterior, superando os 11.000 milhões de euros! Atingiram o seu maior valor do estudo, tendo vindo a crescer desde 2010 – ano em que registavam pouco mais de 7.500 milhões de euros.

De volta a 2015, os valores das despesas rondavam os 3600 milhões de euros e o valor oficial do saldo final era de 7750,10 milhões de euros, um número bastante considerável (em 2010 nem 5 milhões perfaziam).

Para melhor perceber estes números interessa contextualizá-los e para tal devemos compreender a despesa média diária de cada turista em Portugal – é pertinente também compará-la com o valor de no estrangeiro.

O custo de vida em Portugal é relativamente menor e reflecte-se nos dados: a despesa média diária por turista no nosso país em 2015 era de 25,20 euros – lá fora consideravam-se mais de 58€ (!). E estes valores já viram dias melhores: em 2014 em Portugal o valor era de 26,3€ por dia. Nada de extraordinário, claro, mas por enquanto os nossos valores também nunca o são… Já no estrangeiro, em 2014, os dados dizem que os gastos dos turistas eram superiores a 70€ diários!

A conclusão é óbvia: existe uma grande diferença entre a despesa média diária em Portugal e no Estrangeiro. Visitar o nosso país é substancialmente mais económico – o que atrai muitos turistas. Mas até que ponto teremos que estar tão mais em conta? Seria viável um aumento dos preços e reflectir-se-ia este num crescimento ainda maior de receitas para o turismo do país? Tem sido esta já uma medida posta em práctica? Aguardamos por dados novos.

26 Março 2018


Descubra quanto pode ganhar connosco.

success Obrigada!
Por favor verifique o seu email.